betfair

<
>

Suárez tem despedida emocionante no Grêmio, exalta Brasileirão e surpreende com lembrança que levará do Brasil

Neste domingo (3), Luis Suárez se despediu oficialmente da torcida do Grêmio na Arena. E o atacante uruguaio teve um dia movimentado antes de anotar o gol da vitória por 1 a 0 sobre o Vasco, pela penúltima rodada do Brasileirão.

Antes de a bola rolar para o compromisso, o clima foi de muita festa na capital gaúcha. No lado de fora do estádio, os torcedores ganharam máscaras personalizadas com o rosto do veterano e, já nas arquibancadas, prepararam bandeirões especiais para saudar o camisa 9.

Em campo, Luisito disputou os 90 minutos do confronto e, no segundo tempo, balançou as redes e deu a vitória aos gremistas, anotando o seu 27° em 53 jogos com o manto tricolor. E foi uma pintura, após chute colocado da entrada da área.

Após o apito final, já ao lado dos filhos e da esposa, deu uma volta olímpica no gramado e ainda recebeu uma homenagem, assistindo a um vídeo especial preparado para o atacante. E nem mesmo a chuva que caía em Porto Alegre estragou a festa, que foi repleta de emoção.

Por último, antes de conceder a sua última coletiva pelo Grêmio, falou com a imprensa e deixou as suas impressões sobre a passagem pelo futebol brasileiro.

"Eu acho que não se pode terminar um ano maravilhoso aqui, com a nossa torcida. À parte do que é o Suárez, do que o Suárez fez pelo Grêmio, tem que valorizar muito o time, que trabalhou muito, ganhou muitos jogos sem Suárez, tem que valorizar também. Não é só o Suárez. O meu trabalho é procurar fazer o melhor para o time, hoje é um dia especial, me despedir ganhando em casa, com a nossa torcida e ficar todos juntos para o próximo ano, que o Grêmio voltou aonde tinha de estar", começou por dizer, em entrevista ao Sportv.

"Eu acho que eu, que tive a oportunidade de jogar em muitas ligas, aqui na América do Sul acho que é a mais difícil. Tem muitos jogos, mas é preciso manter a tranquilidade, fazer as coisas, entreguei todo o meu corpo para o Grêmio, com dor, sem dor, mas eu procurei fazer sempre a mesma coisa, que é jogar futebol, procurando que o Grêmio voltasse para aonde voltou", prosseguiu.

"Sempre vou me lembrar de tudo o que aconteceu em diferentes estádios, jogos, as torcidas de outros times também me ajudaram para que eu me sentisse confortável e isso é muito importante para um jogador. Não é fácil jogar contra grandes times do Brasil e ver a torcida contrária comemorando o que você fez."

Por último, Suárez foi questionado sobre os momentos especiais que vivenciou pelos gramados brasileiros e surpreendeu ao apontar aquele que levará consigo após deixar o Brasil.

"Todos os momentos são especiais. Fico com o começo, que foi bem legal, começar fazendo três gols e terminando fazendo gol. O que mais eu posso pedir?", disse, antes de concluir.

"Agradecer pelo carinho, a confiança. O Suárez está indo embora tranquilo, deixou tudo o que tinha que deixar em campo, fazer o melhor possível, jogar futebol e trabalhar com um time e um treinador que foram muito importantes."

Próximos jogos do Grêmio:

betfair Mapa do site